Aliança topo
GARRATELECOM
Geral

Projeto utiliza bordado para inclusão de mulheres no Pará

Instituição receberá apoio da Fundação Banco do Brasil

25/11/2022 14h46
Por: Redação
Fonte: Agência Brasil
© Léo Rodrigues/Agência Brasil
© Léo Rodrigues/Agência Brasil

Projeto que objetiva utilizar a arte do bordado para apoiar até 80 famílias em situação de vulnerabilidade social em Canaã dos Carajás (PA) recebe apoio da Fundação Banco do Brasil, através de parceria com a Vale. O acordo de cooperação tem como primeiro contemplado o projeto Bordando a Paz, que receberá R$ 2,13 milhões.

O prazo total para execução do projeto é de 18 meses. A instituição selecionada para a execução do projeto é o Instituto de Promoção Cultural Antônia Diniz Dumont (Icad), que atua, desde 2004, com inclusão socioprodutiva de comunidades em situação de vulnerabilidade, usando a arte nos processos criativos e de humanização.

A rede de bordadeiras receberá orientações para o desenvolvimento de produtos e capacitação sobre assuntos administrativos e financeiros para comercializarem as próprias peças.

Para Rogério Biruel, diretor executivo de Desenvolvimento Sustentável da Fundação Banco do Brasil, esse tipo de parceria permite a ampliação do investimento socioambiental. “E quanto mais parceiros investidores, como a Vale, maior será o impacto positivo na vida das pessoas”, disse.

“A luta contra a pobreza e o investimento em rede de mulheres como catalizadora de transformações sociais profundas são os maiores focos de nossa atuação social”, afirma Flávia Constant, gerente executiva de Investimento Social Privado da Vale. 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários