Sexta, 19 de Abril de 2024 03:17
Geral INSPEÇÃO VEGETAL

Cooperativa de Castanhal e produtores associados recebem selo artesanal da ADEPARA

Cooperativa será repsonsável pelo envase da farinha produzida por produtores rurais associados à cooperativa.

29/01/2024 16h25
Por: Redação Fonte: Secom Pará
Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

No último final de semana, a Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (ADEPARA) concedeu a certificação artesanal da Cooperativa Agroindustrial "Frutos da Amazônia" (COAFRA) e de dois produtores associados, que produzem farinha de mandioca, na Vila Nazaré, em Castanhal, nordeste paraense.

Foram entregues os certificados de registro artesanal de números 117, 118 e 120, respectivamente, à Cooperativa que será responsável pelo envase do produto, e para os produtores Manoel Silva e Edimar Sales, que produzem 5 toneladas de farinha de mandioca por mês na comunidade.

Equipe da Adepara com produtor que vai fornecer a farinha para a cooperativa"Hoje, o Pará é o único Estado do país que fornece o registro artesanal para estabelecimentos que processam produtos artesanais de origem vegetal e isso é fator de desenvolvimento regional, porque impulsiona a legalização de estabelecimentos que agora podem comercializar seus produtos em todo o território paraense", destaca o fiscal agropecuário e gerente da GIPOV, Hamilton Shell.

"A Agência de Defesa possui um papel de suma importância para o desenvolvimento do agronegócio e da agricultura familiar com a certificação de agroindústrias artesanais. Com a entrega de três certificados de casa de farinha em Castanhal, nós reforçamos a importância da certificação, gerando interesse nos demais produtores que estavam presentes e assegurando a qualidade desses produtos, que seguem os padrões de exigência estadual, gerando emprego e renda para o nosso Produtor Rural", disse Jarleane Sampaio , Gerente Regional da Adepara Castanhal.

A solenidade foi realizada durante a assembléia geral ordinária da Cooperativa e, além da ADEPARA, estiveram presentes representantes da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB), do Instituto Federal do Pará (IFPA), da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) e de autoridades federais e municipais.

COAFRA -A COAFRA surgiu há seis anos, na Vila Nazaré, e atualmente possui 283 associados, que ingressaram na cooperativa por via estatutária, quando houve a autorização para a extensão do quadro social da cooperativa aos agricultores familiares de vários municípios vizinhos.

Selo Artesanal -O Selo Artesanal é uma política pública desenvolvida pela área vegetal da ADEPARA, fundamentada na legislação estadual, a qual garante aos produtores maior competitividade no mercado agropecuário com a possibilidade de ofertar os produtos agrícolas regionais com melhor preço para uma gama maior de compradores, já que o selo atesta que o produto é seguro para o consumo humano, pois foi inspecionado pelo Serviço Oficial de Defesa Vegetal, responsável pelo controle sanitário e pela observância das boas práticas higiênico-sanitárias durante a fabricação.

O selo está espalhado por mais de 60 municípios do Pará. Hoje, na área vegetal, existem mais de 150 estabelecimentos registrados na Autarquia que estão habilitados a produzir e beneficiar produtos derivados da mandioca no Estado.

Agrovila Nazaré -Comunidade rural localizada na Colônia 03 de outubro, distante 40 Km da sede do município de Castanhal. No início, a comunidade enfrentou conflitos agrários, em virtude da chegada de retirantes nordestinos, que deram início aos plantios de lavouras de subsistência, milho, arroz e mandioca. Atualmente, a economia da vila gira em torno da cadeia produtiva da mandioca, mas também existem outros cultivos de destaque como açaí, cacau, mamão havaí e pimenta do reino.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.