GARRATELECOM
Pará

Incremento de recursos à Fapespa alavanca programas de pós-graduação e pesquisa no Pará

A Fundação investiu só em 2022 quase R$ 19 milhões em bolsas, desde a iniciação científica até o pós-doutorado

23/01/2023 13h00
Por: Redação
Fonte: Secom Pará
Crédito: Bruno Cecim / Ag.Pará
Crédito: Bruno Cecim / Ag.Pará

Com a missão de ser uma instituição de amparo e fomento à pesquisa para impulsionar o desenvolvimento do Estado do Pará, a Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa) tem entre os mecanismos de incentivo à pesquisa a oferta de bolsas para pesquisadores de diferentes titulações acadêmicas e científicas. Nesse contexto, o Programa “Bolsa Pará”, instituído em 2019, visa desburocratizar o acesso aos apoios financeiros para bolsistas que precisam desse suporte para suas pesquisas.

O presidente da Fapespa, Marcel Botelho, ressalta a importância das bolsas de pesquisa e fomento para o desenvolvimento científico no Pará. "O capital humano certamente é sempre o principal capital de qualquer empreendimento. Na Ciência, Pesquisa e Tecnologia não é diferente. Quando o governo, via Fapespa, investe em bolsas, investe nesses atores tão necessários ao desenvolvimento. Iniciamos 2019 com cerca de R$ 6 milhões em bolsas, das mais diferentes naturezas, depois de um 2018 com R$ 2,4 milhões. Foi um grande avanço. Terminamos 2022 com um avanço espetacular, de quase R$ 19 milhões em bolsas concedidas, desde iniciação científica até o pós-doutorado. Desse modo, a Fundação se torna indispensável para os programas de pós-graduação e programas de pesquisa realizadas no Pará", informa Marcel Botelho.

Crédito: Bruno Cecim / Ag.Pará
Crédito: Bruno Cecim / Ag.Pará
A estudante Isis Campos, que cursa o 3° semestre de Engenharia Química na Universidade Federal do Pará (UFPA), recebe bolsa de Iniciação Científica (IC) com fomento da Fapespa. “Com o início da faculdade, surgiu a oportunidade de participar como IC voluntária do laboratório do professor Davi Brasil em uma pesquisa sobre biofilmes e pimenta-do-reino. Com algum tempo foi disponibilizada uma vaga de bolsa de iniciação científica. A bolsa auxilia em tudo. Algumas vezes, é necessário realizar a compra de material para o projeto, ou até mesmo na passagem de ônibus. Além disso, tenho interesse em continuar na pesquisa", conta a estudante.

Ainda segundo Isis Campos, "é uma experiência única ser bolsista e desenvolver um projeto. Ter a oportunidade de conhecer a grandiosidade do conhecimento e das vivências que estão presentes em um laboratório. Acredito que o momento mais marcante até agora nesse aprendizado foi quando realizamos o primeiro recobrimento de pimenta-do-reino e a primeira produção de bioplástico”.

Interesse estratégico -O “Bolsa Pará” visa apoiar a formação e a capacitação de recursos humanos, além da execução de programas e projetos em áreas de interesse estratégico para o desenvolvimento sustentável do Pará. Parcerias firmadas com Instituições de Ensino Superior Públicas, por meio de convênios e termos de cooperação, totalizam R$ 10.300.000,00, incluindo 605 bolsas de Iniciação Científica, Mestrado, Doutorado e Preceptoria.

A Fapespa realiza o pagamento de bolsas de IC no valor de R$ 400,00; ITI (Iniciação Tecnológica e Industrial), de R$ 400,00; Mestrado, de R$ 1.500,00; Doutorado, de R$ 2.200,00, e Pós-Doutorado Jr., no valor de R$ 4.100,00.

Crédito: Bruno Cecim / Ag.Pará
Crédito: Bruno Cecim / Ag.Pará
Considerando a necessidade de valorização da formação de pessoal qualificado na Amazônia, a Fapespa concedeu ajuste de 25% nos valores de bolsas de Iniciação Científica, Mestrado, Doutorado e Pós-Doutorado, nas modalidades Júnior e Sênior. 

O ajuste foi viabilizado pela atualização da portaria que institui o Programa. Os novos valores são considerados vigentes a partir de junho de 2022, a fim de valorizar a formação e contribuir para reduzir perdas decorrentes da inflação, bem como possibilitar que os cientistas em formação no Estado tenham apoio financeiro para dedicação às atividades de pesquisa.

Novos valores -De acordo com a Portaria nº 141/2022, de 31 de maio de 2022, da Fapespa, as bolsas de IC, Mestrado, Doutorado e Pós-Doc Jr. tiveram seus valores reajustados. A bolsa de IC passou para R$ 500,00; a de Mestrado, para R$ 1.875,00; de Doutorado, para R$ 2.750,00, e a de Pós-Doutorado Jr., para R$ 5.125,00.

Os convênios e termos de cooperação estão em fase de prestação de contas parcial para que possam ser aditivados. No entanto, as Instituições de Ensino Superior foram notificadas pela Fapespa para que os novos valores sejam praticados, bem como as parcelas que foram pagas com os valores antigos sejam reajustadas.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários