GARRATELECOM
Pará

Cuidado com a saúde mental é tema de programação no Hospital Metropolitano

Roda de conversa com time de psicólogos promoveu escuta empática de profissionais da unidade

24/01/2023 11h30
Por: Redação
Fonte: Secom Pará
Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

Uma roda de conversa sobre saúde mental foi realizada na última semana para profissionais do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), localizado em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém. A atividade faz parte das ações programadas da campanha “Janeiro Branco”, criada para fomentar ações sobre a temática.

Promovida pelo setor de Recursos Humanos da unidade, que pertence à rede de saúde pública do Estado do Pará e é gerenciada pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), o encontro foi liderado pela psicóloga Thalissa Muniz, que ouviu os profissionais e falou sobre a importância do autocuidado.

“Este momento é importante para que os profissionais se reconheçam enquanto pessoas individuais e percebam suas limitações também. Interessante fomentar cada vez mais essas discussões a fim de tornar o ambiente de trabalho cada vez mais saudável”, afirma a profissional.

Durante o bate-papo, também foi entregue aos profissionais um folder com os objetivos da campanha "Janeiro Branco" e a descrição dos sintomas de algumas doenças relacionadas como, por exemplo, depressão e ansiedade.

“Foi interessante sair um pouco da nossa rotina de trabalho para conversar sobre um assunto que não é tão explorado entre as pessoas”, comenta Fabrício Lopes, responsável pela Agência Transfusional do HMUE.

Questão de saúde pública –Entre as doenças mais conhecidas relacionadas ao âmbito psicológico, estão a depressão e a ansiedade.

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que, somente no Brasil, cerca de 18,6 milhões de pessoas sofrem de ansiedade.

A OMS menciona, ainda, que o país é o que tem maior prevalência de depressão. Em contexto mundial, estima-se que mais de 300 milhões de pessoas sofram com o transtorno.

“Acreditamos que abrir esse campo de troca com os profissionais, para que eles exponham suas individualidades, dificuldades e anseios, é fundamental para um bom rendimento no trabalho”, complementa a psicóloga.

Sobre -Referência no tratamento de média e alta complexidades em traumas para a região Norte, o Hospital Metropolitano de Urgência dispõe de 208 leitos operacionais nas especialidades de traumatologia, cirurgia geral, neurocirurgia, clínica médica, pediatria, cirurgia plástica exclusivo para pacientes vítimas de queimaduras, além de leitos de UTI.

O HMUE recebe pacientes da Região Metropolitana de Belém, dos diferentes municípios do Pará e também de outros estados. Em 2022, realizou mais de meio milhão de atendimentos, entre internações, cirurgias, exames laboratoriais e por imagem, atendimentos multiprofissionais e consultas ambulatoriais.

Texto:Alberto Dergan/Ascom HMUE

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários