Sexta, 23 de Fevereiro de 2024 16:50
94992727888
Polícia SEGURANÇA PÚBLICA

Operação da Polícia Civil desarticula e prende envolvidos em golpe do 'Falso Presente'

Detidos vão responder por furto qualificado mediante fraude em concurso de pessoas, receptação dolosa e adulteração de sinal identificador de veículo

06/02/2024 13h53 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação Fonte: Secom Pará
Crédito: Divulgação / PCPA
Crédito: Divulgação / PCPA

A Polícia Civil do Pará, por meio da Divisão de Investigações e Operações Especiais (DIOE) e da Delegacia Especializada em Investigação de Estelionato e Outras Fraudes (DEOF), prendeu em flagrante, na noite da última segunda-feira (5), dois homens suspeitos de praticarem o golpe do 'Falso Presente, em Belém.

Os detidos foram autuados pelos crimes de furto qualificado mediante fraude em concurso de pessoas, receptação dolosa e adulteração de sinal identificador de veículo, conforme os artigos 155, §4º, II e IV, c/c artigo 311, c/c 180 do Código Penal Brasileiro.

“A prisão dos envolvidos no golpe é de extrema importância na defesa da população paraense contra fraudes. Essa ação desmantelou um golpe contumaz que vinha sendo praticado em vários Estados. A PCPA está comprometida em garantir um ambiente mais seguro, combatendo ativamente crimes que impactam diretamente a vida da população”, avaliou o delegado-geral da Polícia Civil, Walter Resende.

O golpe

A ação policial desvendou um esquema conhecido como "Falso Presente". Nesse golpe, os criminosos se faziam passar por entregadores de presentes de aniversário, solicitando uma taxa de entrega aos destinatários. Ao realizar o pagamento, as vítimas tinham suas senhas e cartões comprometidos.

Imagine a situação: é seu aniversário e um presente chega à sua casa. O suposto entregador, como parte do golpe, informa que só pode liberar o produto mediante o pagamento de uma taxa de entrega, solicitando o uso do cartão da vítima. Acreditando ser um procedimento comum, a vítima realiza o pagamento, sem saber que está caindo em uma armadilha.

Nesse momento os criminosos passam a ter acesso à senha da vítima e realizam outras compras tanto no débito, como no crédito.

Após trabalho de inteligência, a polícia identificou e deteve os suspeitos que já estavam sob investigação. Estima-se que a dupla tenha arrecadado mais de R$ 100 mil, em uma semana.

“Muitas vítimas já prestaram depoimento e os prejuízos com o golpe ainda estão sendo contabilizados, mas acredita-se que, só em Belém, este valor seja superior a R$ 100 mil. É importante ressaltar que a dupla agia em vários Estados da federação e, antes de praticarem os delitos em Belém estavam agindo em Natal (RN). As investigações irão se aprofundar para identificar se há outros envolvidos”, informou o delegado David Bahury, diretor da Delegacia Especializada em Investigação de Estelionato e Outras Fraudes (DEOF).

Durante a operação, foram apreendidas 7 máquinas de cartão de crédito/débito, dois aparelhos celulares, e duas motocicletas, uma delas com registro de roubo e furto do estado do Maranhão.

Os detidos, já respondiam pelos mesmos crimes em São Paulo, e estava em liberdade condicional. Eles admitiramos golpes em Belém e disseram acreditar que por causa da distância de São Paulo não seriam descobertos. Agora, eles estão à disposição da Justiça.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Canaã dos Carajás, PA
Atualizado às 16h04
29°
Tempo nublado

Mín. 20° Máx. 27°

33° Sensação
0 km/h Vento
74% Umidade do ar
92% (5.48mm) Chance de chuva
Amanhã (24/02)

Mín. 22° Máx. 27°

Chuva
Amanhã (25/02)

Mín. 21° Máx. 28°

Chuvas esparsas