GARRATELECOM
Saúde

Covid-19: Brasil registra 52 mortes em 24 horas

Casos confirmados desde o início da pandemia passam de 34,5 milhões

19/09/2022 21h45Atualizado há 1 semana
Por: Redação
Fonte: Agência Brasil
© Rovena Rosa/Agência Brasil
© Rovena Rosa/Agência Brasil

O Brasil registrou, desde o início da pandemia, 685.428 mortes por covid-19 e 34.592.027 casos confirmados da doença. Segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje (19) pelo Ministério da Saúde, em 24 horas, foram registrados mais 4.980 casos e 52 mortes.

Ainda de acordo com o boletim, 33.750.459 pessoas se recuperaram da doença e 156.140 casos estão em acompanhamento. O boletim desta segunda-feira não traz os dados atualizados dos óbitos em Mato Grosso do Sul.

Os números em geral são menores aos domingos, segundas-feiras e nos dias seguintes aos feriados em razão da redução de equipes para a alimentação dos dados. Às terças-feiras e dois dias depois dos feriados, em geral, há mais registros diários pelo acúmulo de dados atualizado.

Foto: Reprodução/Agência Brasil
Foto: Reprodução/Agência Brasil

Estados

De acordo com os dados disponíveis, São Paulo lidera o número de casos, com 6,07 milhões, seguido por Minas Gerais (3,87 milhões) e Paraná (2,74 milhões). O menor número de casos é registrado no Acre (149,5 mil). Em seguida, aparecem Roraima (174,9 mil) e Amapá (178,2 mil).

Quanto às mortes, de acordo com os dados mais recentes disponíveis, São Paulo registra o maior número (174.495), seguido por Rio de Janeiro (75.639) e Minas Gerais (63.724). O menor número de mortes está no Acre (2.029), Amapá (2.163) e Roraima (2.173).

Vacinação

Até hoje, foram aplicadas 481,7 milhões de doses de vacinas contra a covid-19, sendo 179,6 milhões com a primeira dose e 161 milhões com a segunda.

A dose única foi aplicada em 4,9 milhões de pessoas, 98,3 milhões receberam a primeira dose de reforço e 32,8 milhões, a segunda dose.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários