Sexta, 23 de Fevereiro de 2024 17:55
94992727888
Esportes PARAZÃO

Na corda bamba, Águia tenta a primeira vitória

O Azulão marabaense precisa marcar mais gols se quiser pontuar e se manter vivo na competição da qual é o atual campeão. Caso contrário, fim de linha!

11/02/2024 07h18 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação Fonte: Correio de Carajás
Colocar o pezinho na forma: essa é o dever de casa dos jogadores do Águia de Marabá/ Fotos: Wellison Vasconcelos/Águia de Marabá
Colocar o pezinho na forma: essa é o dever de casa dos jogadores do Águia de Marabá/ Fotos: Wellison Vasconcelos/Águia de Marabá

Três empates e uma derrota. Este é o pífio cartel do Águia no Campeonato Paraense de 2024. O atual campeão da competição ainda não saiu de campo com 3 pontos na conta e sua situação só não é pior porque quase todos os times que integram seu grupo (A) estão claudicantes. É neste clima que o Águia entra em campo na manhã desta quinta-feira (8) para duelar contra o São Francisco, no Estádio Francisco Vasques, o Souza, em Belém.

O estádio traz boas lembranças para o técnico Mathaus Sodré, comandante do Azulão Marabaense. Foi lá que, em seu segundo jogo pelo Águia, como agora, o técnico conquistou sua primeira vitória pelo time marabaense. Mas ele vai precisar mais do que boas lembranças para vencer o jogo, pois terá pela frente um adversário difícil.

Embora seja o lanterna de seu grupo (C), o São Francisco está definitivamente na briga por uma das vagas na chave, pois apenas dois pontos o distanciam do segundo colocado, a Tuna-Luso, de modo que uma vitória coloca o time de Santarém na zona de classificação.

Já o Águia está na corda bamba e qualquer resultado que não seja uma vitória, deixa o time marabaense numa enrascada maior ainda do que já está. Ou seja, o cenário impõe ao Águia uma superação, que foi vista muitas vezes no ano passado, mas este ano ainda não.

Mister Mathaus sabe que uma vitória hoje pode significar virada de chave

“Só quem pode reverter essa situação somos nós, então é trabalhar firme”, afirmou o goleiro Axel Lopes, durante coletiva de Imprensa. Ele disse também que tem confiança no trabalho que vem sendo feito pela diretoria e falou em construir uma “trajetória de vitórias”.

Que o Águia é capaz de construir essa trajetória, ninguém duvida. O próprio Axel foi uma das peças fundamentais para que isso ocorresse em 2023. Mas o maior problema aguiano está no último terço do campo. O time não tem conseguido balançar as redes do adversário. Foram apenas 2 gols em 4 partidas. Ou seja: o campeão paraense está levando quase 200 minutos pra fazer um gol.

Após empate em 1×1 com o Santa Rosa, no último sábado (3), em Castanhal, a delegação do Águia não retornou a Marabá. A escolha da comissão técnica foi permanecer em Belém, para descansar melhor o elenco.

(Chagas Filho)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Marabá - PA

Marabá - Pará

Sobre o município
Marabá é um município brasileiro localizado no sudeste do estado do Pará, Região Norte do país. Sua localização tem, por referência, o ponto de encontro entre dois grandes rios, Tocantins e Itacaiúnas, formando uma espécie de "y" no seio da cidade vista de cima. A sede municipal é formada basicamente por seis núcleos urbanos interligados por rodovias.
Canaã dos Carajás, PA
Atualizado às 16h04
29°
Tempo nublado

Mín. 20° Máx. 27°

33° Sensação
0 km/h Vento
74% Umidade do ar
92% (5.48mm) Chance de chuva
Amanhã (24/02)

Mín. 22° Máx. 27°

Chuva
Amanhã (25/02)

Mín. 21° Máx. 28°

Chuvas esparsas