Quarta, 04 de Outubro de 2023 04:20
94992727888
Geral INFRAESTRUTURA VIÁRI

Governo do Estado constrói a terceira ponte sobre o Rio Itacaiúnas, em Marabá

Resultado de convênio com a Prefeitura, a estrutura estaiada vai ligar núcleos populacionais na zona urbana e melhorar o tráfego de veículos

16/09/2023 23h25
Por: Redação Fonte: Secom Pará
Crédito: Lúcio Marinho / Divulgação
Crédito: Lúcio Marinho / Divulgação

Uma ponte estaiada, a terceira sobre o Rio Itacaiúnas, orçada em R$ 103 milhões, com aporte de R$ 50 milhões do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Transportes (Setran), está sendo construída em Marabá, município da região Sudeste.

A ponte vai ligar o Núcleo Nova Marabá ao bairro de Novo Horizonte, no Núcleo Cidade Nova, melhorando a mobilidade urbana. Atualmente, a obra está em fase de implantação das fundações e mesoestrutura. A obra, que está dentro do cronograma, terá impacto positivo na mobilidade urbana em Marabá

Com 525 metros de extensão, 12 m de largura, 1,85 m de faixa de passeio e trecho estaiado de 240 m, a ponte começou a ser construída há cerca de três meses, e cumpre o cronograma previsto pela construtora, fiscalizada pela Prefeitura de Marabá.

De acordo com o secretário Municipal de Obras, engenheiro Fábio Moreira, a previsão é que a estrutura seja concluída em 16 meses, com previsão de entrega até o final de 2024.

“Toda a parte que era necessária já foi feita pelo município - as desapropriações de imóveis e o licenciamento ambiental. Foram realizados os acessos e celebrado um convênio junto ao governo do Estado de R$ 50 milhões, e R$ 25 milhões já estão na conta”, informa o secretário municipal. Ele ressalta que o trânsito em Marabá aumenta a cada ano, e já é necessária uma nova via para melhorar a mobilidade.

Fase atual- Os acessos à ponte serão pavimentados, no trecho que liga à Nova Marabá, e também à Cidade Nova. Até o momento, já foram concretadas 33 estacas de 1.200 mm, em área de terra firme, e oito estacas de 2.000 mm no leito do rio, totalizando 41 estacas, das 64 previstas.

A obra da terceira ponte conta com três frentes de trabalho, sendo uma no leito do rio, outra no Bairro Novo Horizonte e a terceira na BR-230 (Transamazônica).

O secretário João Chamon Neto (à dir.), Flávio Moreira e a engenheira Kilva FreitasJunção de esforços- O secretário Regional de Governo do Sul e Sudeste do Pará, João Chamon Neto, esteve no local de implantação das fundações, acompanhado de Fábio Moreira e também da engenheira civil Kilva Freitas, responsável pela obra. “Foi uma junção de esforços, protagonizada pelo governador Helder Barbalho. Decisão importante do chefe de Estado, com essa grande obra, mostrando a visão futurista do nosso governador diante do crescimento de Marabá, que já vive congestionamentos no tráfego. Enquanto secretário Regional de Governo, participei com o governador de todos os momentos dessa tratativa, e sinto-me privilegiado por viver esse momento, por ter contribuído com nosso governador e com o prefeito do município, Tião Miranda, para essa parceria importante”, ressalta João Chamon Neto. Trabalhadores contratados no município: oportunidades de emprego e geração de renda

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE/2022), Marabá tem uma frota de 141.727 veículos, sendo 37.573 automóveis, 4.105 caminhões, 993 tratores, 13.485 caminhonetes, 2.597 camionetas, quatro chassis plataformas, 467 ciclomotores, 325 micro-ônibus, 57.773 motocicletas, 18.931 motonetas, 829 ônibus, 2.001 reboques, 1.465 semirreboques, seis sidecars,15 tratores de rodas, 272 triciclos, 866 veículos utilitários e mais 20 de outros tipos.

Soldador Jackson Bruno: volta ao mercado de trabalhoMão de obra local– Na infraestrutura da ponte, a maioria dos trabalhadores é local, o que gera empregos e estimula a economia do município. O soldador Jackson Bruno Pereira dos Santos, 21 anos, mora no Bairro Novo Horizonte e estava desempregado. Com a obra, ele conseguiu voltar ao mercado de trabalho. “É muito bom priorizar as pessoas da própria cidade em uma obra como essa. Estou me esforçando e trabalhando para conseguir uma classificação na obra”, afirma Jackson Bruno, que já almeja uma nova função.

Para o secretário de Estado de Transportes, Adler Silveira, a ponte é uma obra fundamental para a mobilidade urbana, pois vai assegurar “mais qualidade de vida para os moradores. Vai garantir maior fluidez no trânsito, redução de engarrafamentos, menos tempo no trânsito e ainda menor emissão de gás carbônico dos combustíveis. É mais um investimento do Governo Helder e da nossa vice-governadora, Hana (Hana Ghassan), em infraestrutura de transporte. Está transformando para melhor a realidade do modal rodoviário no Pará”.

Texto: Emilly Coelho - Ascom/Secretaria de Governo do Sul e Sudeste

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.