Saturday, 25 de May de 2024 02:38
94992727888
Pará CULTURA E DIVERSÃO

Imprensa Oficial do Estado do Pará celebra Dia Nacional do Livro Infantil

Por Julie Rocha (IOE)18/04/2024 10h17Em comemoração ao Dia Nacional do Livro Infantil, celebrado, nesta quinta-feira (18), a Imprensa Oficial do Es...

18/04/2024 13h17 Atualizada há 1 mês
Por: Redação Fonte: Secom Pará
Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

Em comemoração ao Dia Nacional do Livro Infantil, celebrado, nesta quinta-feira (18), a Imprensa Oficial do Estado do Pará (Ioepa) reforça o compromisso com o incentivo à leitura entre os mais jovens, a partir das campanhas de arrecadação de livros para o público infanto-juvenil e da publicação de obras que aquecem o universo literário das crianças paraenses.

A Editora Pública Dalcídio Jurandir tem se destacado por sua contribuição para a literatura infantil, com a publicação de narrativas que refletem a diversidade cultural e regional do Pará. Com histórias envolventes e ilustrações cativantes, os livros lançados pela editora têm o poder de despertar a imaginação e o interesse das crianças pela leitura.

“Quando imaginamos a formulação de uma política literária e de livros para o Estado do Pará, o incentivo à literatura foi pensado a partir do fomento à publicação de obras infantis, estimulando novos escritores a se aventurarem neste universo e também por meio de campanhas de doação de livros fazendo o livro circular pelos quatro cantos do Estado e atingir novos leitores”, disse o titular da Ioepa, Jorge Panzera.

Além do lançamento de novas obras, a Imprensa Oficial também executa o projeto "Portal do Conhecimento", uma iniciativa de arrecadação e doação de livros usados. Por meio deste projeto, a comunidade é convidada a contribuir com a doação de livros infantis usados e em bons estados de conservação que são cuidadosamente embalados e enviados a bibliotecas de escolas públicas e de projetos comunitários para encontrarem sei público leitor: as crianças de comunidades carentes, escolas públicas e instituições sociais, ampliando o acesso à leitura e incentivando o hábito desde a infância.

No entanto, Panzera ressalta que todo esse trabalho realizado durante o ano, dentro da autarquia, tem uma culminância em que se pode ver, de fato, o resultado dos projetos desenvolvidos para o público infantil.

"É que desde criação da Editora Pública Dalcídio Jurandir e do Portal do Conhecimento, em 2019, levamos para a Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes uma programação voltada para o público infantil, com contação de histórias e mediação de leitura, pinturas, além dos lançamentos dos autores de livros infantis publicados pela Editora que são uma atração à parte, mostrando para a sociedade o trabalho que estamos desenvolvendo com o incentivo à literatura e ao livro”, reforçou.

O Dia Nacional do Livro Infantil é uma oportunidade para celebrar não apenas a importância da leitura na formação das crianças, mas também para reconhecer o papel fundamental da Editora Pública Dalcídio Jurandir e do Portal do Conhecimento na promoção da literatura infantil e no estímulo à imaginação e ao conhecimento entre os pequenos leitores paraenses.

O Dia Nacional do Livro Infantil foi instituído em homenagem ao nascimento de Monteiro Lobato, um dos mais importantes escritores brasileiros de literatura infantil. Monteiro Lobato nasceu em 18 de abril de 1882 e é conhecido por obras como "O Sítio do Picapau Amarelo" e "Reinações de Narizinho".

A data é celebrada anualmente no dia 18 de abril e representa um momento de reflexão sobre a importância da literatura na vida das crianças, além de ser uma ocasião para compartilhar histórias e experiências que enriquecem o universo infantil.

Confira obras já lançadas pela Editora Pública Dalcídio Jurandir e saiba onde adquirir:

Contos Infantis, de Haroldo Maranhão

Do renomado autor de “Flauta de Bambu”, considerado uma das principais obras publicadas pela Ioepa, esta edição especial reúne cinco contos para o público com desenhos para as crianças colorirem.

Coletânea Filô Zezinho, de Aline Rossi

A obra é composta por sete livros paradidáticos sobre Filosofia na Amazônia, destinada a professores e alunos trabalharem a filosofia em sala de aula.

“Laís”, de Tainá Moraes

A personagem Laís é uma menina ribeirinha que mora em uma palafita na região amazônica. A narrativa possui 16 páginas com ilustrações coloridas da fauna e flora amazônica.

“Lendas Amazônicas”, de Nazaré Pereira

As lendas do nosso imaginário infantil são contadas de maneira leve e divertida. São oitos histórias ilustradas para o leitor mergulhar no folclore paraense.

O Incrível Diário de Ana Vitória, de Ana Vitória Simião de Carvalho

Nesta obra, a jovem autista “Vivi” descreve sua história de vida, provando que é preciso enfrentar os desafios, sonhar e ser feliz, descobrindo o lado bom da vida.

Serviço:Os livros infantis podem ser comprados na loja da Ioepa, na Travessa do Chaco, 2271, Marco, Belém. Atendimento de segunda a sexta,das 8h às 14h. Informações: 91 4009-7843.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.