Saturday, 25 de May de 2024 02:59
94992727888
Brasil BRASIL

Mulher que estava com morto em cadeira de rodas para sacar empréstimo é presa em flagrante

Érika de Souza Vieira Nunes foi autuada por tentativa de furto mediante fraude e vilipêndio de cadáver

17/04/2024 09h01
Por: Redação Fonte: Metrópoles
Mulher leva cadáver para tentar sacar empréstimo na Zona Oeste do Rio — Foto: Reprodução
Mulher leva cadáver para tentar sacar empréstimo na Zona Oeste do Rio — Foto: Reprodução

A mulher que levou o corpo de um idoso a uma agência bancária de Bangu, na zona oeste do Rio de Janeiro, acabou presa em flagrante. A polícia autuou Érika de Souza Vieira Nunes por tentativa de furto mediante fraude e vilipêndio de cadáver.

Segundo a Polícia Civil do Rio de Janeiro, que investiga o caso, ela teria tentado fazer um empréstimo de R$ 17 mil em nome dele.

Érika diz que Paulo Roberto Braga, de 68 anos, é tio dela. No banco, os funcionários suspeitaram do caso, resolveram filmar a situação e, em seguida, chamaram a polícia e ajuda médica.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) constatou que o idoso estava morto há algumas horas. Na delegacia, Érika afirmou aos policiais ser cuidadora do homem, que seria tio dela. Nas imagens gravadas pelos funcionários do banco, ela aparece segurando a cabeça de Paulo.

Explicação para o cadáver

Érika explicou que cuidava de Paulo. Durante o atendimento, ela conversou com o homem. “Tio, tá ouvindo? O senhor precisa assinar. Se o senhor não assinar, não tem como. Eu não posso assinar pelo senhor, o que eu posso fazer, eu faço”, disse.

E reclamou: “Assina para não me dar mais dor de cabeça, eu não aguento mais”.

Uma das atendentes estranhou muito toda a situação e, no vídeo, comenta que Paulo não está bem. Érika, então, pergunta se o suposto tio quer ia a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). “Ele não diz nada, ele é assim mesmo. Tio, você quer ir para o UPA de novo?”, questiona.

A polícia apura o crime de furto mediante fraude ou estelionato. Imagens de segurança serão checadas para verificar se outras pessoas participaram da ação. O corpo passará por exame toxicológico como parte da investigação.
O corpo foi encaminhado para o Posto Regional de Polícia Técnica e Científica de Campo Grande na noite desta terça-feira (16/4).

VEJA NA REPORTAGEM DA CNNBrasil

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.