Monday, 17 de June de 2024 00:35
94992727888
Geral CULTURA DE PAZ

Proerd comemora 20 anos no Pará com atendimento a mais de 400 mil crianças e adolescentes

O Programa de Resistência às Drogas, que também vai abranger estudantes do ensino médio, contribui para a redução da violência nas escolas

19/09/2023 08h45
Por: Redação Fonte: Secom Pará
Crédito: Bruno Cecim / Ag.Pará
Crédito: Bruno Cecim / Ag.Pará

A solenidade em comemoração aos 20 anos do Programa de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), executado pela Polícia Militar do Pará, foi realizada na manhã desta segunda-feira (18), no auditório do Quartel do Comando-Geral da corporação, em Belém. O evento, transmitido pela internet, foi presidido pelo comandante-geral da PM, coronel Dilson Júnior, acompanhado pelo chefe do Estado-Maior Geral, coronel Ronald Botelho de Souza; de outros oficiais e praças da PM (entre os quais instrutores do Proerd) e autoridades civis.

Segundo o coronel Dilson Júnior, os resultados recentes do Proerd mostram a capacitação de 10.259 alunos só no 1º semestre de 2023, e a evolução do Programa, que nos últimos 20 anos formou mais de 400 mil crianças e adolescentes, gerando um impacto positivo na sociedade. “Parabéns a todos que fazem o Proerd. Sabemos que o desafio é imenso, mas a gente vai continuar levando o Programa a mais municípios no Estado, para que mais crianças e adolescentes possam obter esse conhecimento, ficarem bem distantes das drogas, do crime, da violência, e com isso a gente possa, num futuro bem próximo, ter uma sociedade livre das drogas”, disse o comandante-geral.

O secretário de Estado de Justiça, Evandro Garla, que ministrou a palestra “Política Pública de Prevenção ao uso de drogas do Estado do Pará”, também ressaltou a importância do Proerd. “É para agradecer muito a atenção, cooperação e a sensibilidade de todo o Comando da Polícia Militar neste trabalho. Isso demonstra o engajamento e, principalmente, que a política de prevenção primária chegou até a ponta”, afirmou. Instrutores do Proerd trabalham conceitos de segurança e cidadania com crianças e adolescentes

Cidadania- De acordo com a tenente-coronel Lindiany, chefe do Centro de Capacitação em Prevenção (CCP), da Diretoria de Polícia Comunitária e Direitos Humanos (DPCDH), os investimentos no Proerd e a capacitação de mais de 400 policiais instrutores ao longo dos anos mostram a preocupação do governo do Estado, notadamente da PM, com a prevenção nas escolas, auxiliando na formação de cidadãos.

“Isso vem trazendo adultos que, lá na infância, tomaram decisões positivas, adultos que procuram estar voltados aos seus empregos, suas famílias. Percebemos que os delitos em relação à juventude têm diminuído dentro das escolas, o que traz consequências positivas para o futuro, tanto para a Polícia Militar, quanto para a pessoa e a sociedade”, destacou a oficial.

Avanço- Ela também falou sobre a mudança na faixa etária das instruções, que originalmente era voltada a estudantes do 5º ao 7º ano do ensino fundamental de escolas públicas e privadas, deixando uma lacuna entre a PM e os adolescentes. “Tem uma novidade agora, que é o ensino médio. Nós formamos um mentor lá no Rio Grande do Sul, na Brigada Militar, que trouxe esse novo currículo, para que a gente possa capacitar o nosso efetivo”, informou.

A atualização já está sendo implantada no município de Castanhal (Região Metropolitana de Belém), para 400 alunos de duas escolas públicas.

Segundo o sargento Leão, do 10º Batalhão da PM, que atua há quatro anos como instrutor do Proerd, trabalhar no Programa e auxiliar no desenvolvimento dos estudantes é um privilégio. “Tenho gratidão pela oportunidade. É um universo diferente, um ambiente educacional em que há quebra de paradigmas, tanto para o policial quanto para as crianças. Esse Programa contribui para uma comunidade mais forte, mais resistente, fomentando uma cultura de paz. Os sentimentos que cultivamos são múltiplos, mas o amor nos move para fazer esse trabalho, que é tão importante para a comunidade”, disse o instrutor.

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência é baseado no “Drug Abuse Resistance Education” (D.A.R.E.), criado nos Estados Unidos nos anos 1980. Foi implementado no Pará em 2003, no município de Barcarena (região Nordeste), e depois implantado em Conceição do Araguaia (região Sul) e Augusto Corrêa (Nordeste). Em 2011, o Proerd foi institucionalizado pela Portaria nº 0315-2011, publicada no BG n° 078, de 26 de abril, tornando-o atividade-fim da corporação.

Inclusão- Em duas décadas foram realizadas 17 edições do curso de formação de instrutores do Proerd, que capacitaram 439 policiais militares. Em 2023, a PM formou a primeira turma para pessoas com deficiência (PcDs), atendendo a estudantes com Transtorno do Espectro Autista (TEA), síndrome de Down, síndrome de Williams e outros diagnósticos.

O Proerd é executado por meio de instruções e atividades ministradas pelos policiais nas escolas, voltadas ao desenvolvimento de habilidades necessárias aos alunos, para que consigam fazer escolhas seguras e responsáveis.

A programação comemorativa aos 20 anos do Proerd continua na manhã desta terça-feira (19), com a palestra “Métodos Lúdicos de Ensino e Aprendizagem”, ministrada pela equipe do Centro de Capacitação em Prevenção.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Canaã dos Carajás, PA
Atualizado às 22h02
26°
Tempo nublado

Mín. 21° Máx. 32°

27° Sensação
0.76 km/h Vento
62% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (18/06)

Mín. 21° Máx. 33°

Tempo limpo
Amanhã (19/06)

Mín. 21° Máx. 32°

Parcialmente nublado